CÍRCULO DE CONSTRUÇÃO DE PAZ NO CEAP

CÍRCULO DE CONSTRUÇÃO DE PAZ NO CEAP


Notícia publicada em 14/06/2018 11:32 -
Geral

 

As relações interpessoais são combustível para o desempenho das diferentes funções na instituição, por isso aprimorar espaços/tempos de interação é uma prática fundamental para assegurar a cultura do pertencimento e a perspectiva da coletividade.

 

No CEAP, durante o primeiro trimestre letivo de 2018, os 5º e os 6º anos do Ensino Fundamental, assim como professores de diferentes níveis de ensino e funcionários, vivenciaram os Círculos de Paz, metodologia empreendida por um conjunto de instituições (Poder Judiciário, Ministério Público, UNIJUÍ, Susepe, Defensoria Pública, Poder Executivo de Ijuí e 36º CRE), com vistas a assegurar momentos de escuta e diálogo.

 

O Círculo é uma metodologia estruturada de facilitação ao diálogo que pode ser aplicada como metodologia restaurativa. Sua origem está em ensinamentos das tribos indígenas da América do Norte, povos que costumavam reunir-se ao redor do fogo para resolver seus conflitos. Os Círculos são desenvolvidos por um facilitador que tem como responsabilidade auxiliar os participantes a criarem um espaço seguro de diálogo, monitorar a qualidade do momento coletivo e estimular as reflexões do grupo através de perguntas.

 

Em um primeiro momento, os Círculos no CEAP, foram desenvolvidos para contribuir com o autoconhecimento de professores, funcionários e alunos, como também para assegurar a cultura do pertencimento à instituição, valorizando a singularidade de cada sujeito. Profissionais de diferentes áreas atuaram como facilitadores provocando a fala e a escuta, em uma dinâmica de intensa sensibilização. Vivências dessa natureza, podem gerar  respeito, empatia e fortalecimento de vínculos, potencialmente.

Veja mais


Perdidos no Palco 2021

De volta ao trabalho

Olhares Investigativos

Olhares Investigativos

Programação de 2021 iniciou no CEAP

Programação de 2021 iniciou no CEAP

CEAP proporciona vivências sensoriais na infância

CEAP proporciona vivências sensoriais na infância

CEAP mantém a tradição da “Osterbaum”

CEAP mantém a tradição da “Osterbaum”