27.05.2021 - Treinamento funcional

Treinamento funcional


Notícia publicada em 27/05/2021 14:07 -
Geral

Treinamento funcional,

o queridinho das crianças

As alterações no estilo de vida da sociedade atual, propicia que crianças e adolescentes prefiram computadores e videogames aos jogos e brincadeiras ativas. Além disso, nesse período de quarentena devido a pandemia, a sensação de insegurança limita a atividade física em parques e locais públicos ao ar livre.

Quando ouvimos falar de treinamento funcional, imediatamente pensamos em adultos fazendo exercícios para obter uma melhor performance em seu condicionamento físico. Porém, o conceito de treinamento funcional é bastante amplo e sem dúvida pode ser adaptado para crianças e adolescentes.

O treinamento funcional é definido como um programa de exercícios que tem como objetivo melhorar a habilidade de realizar atividades normais da vida diária com eficiência e autonomia dentro das limitações de cada indivíduo. 

A prática está se popularizando e ganhando muitos fãs em academias, trazendo a ideia de uma modalidade que trabalha o corpo de forma integrada (envolvendo flexibilidade, coordenação, equilíbrio, propriocepção, agilidade), melhora performance, evita lesões e possibilita uma atividade física mais motivadora, dinâmica e também segura, inclusive para os nossos pequenos, pois os movimentos utilizam o próprio peso corporal da criança sem cargas excessivas.  No CEAP, os educadores físicos Paulo Roberto dos Santos e Elenise Berger, recomendam que o praticante tenha pelo menos quatro anos de idade, pois, a partir desta idade há uma maior independência motora e cognitiva, o que torna mais seguro e melhor aproveitado cada movimento a ser trabalhado.

O treinamento funcional está mais perto da realidade das crianças do que pode parecer. Brincadeiras como corridas, pular cordas e vivo-morto, dentre outras, são consideradas funcionais, porque trabalham habilidades motoras fundamentais e padrões de movimento comuns à idade, como correr, saltar, rolar, agarrar, escalar, chutar, rebater, empurrar, puxar e agachar. 

Para as crianças, o treinamento funcional ainda pode trazer uma série de benefícios, além do condicionamento físico e desenvolvimento motor, como: Flexibilidade; Agilidade; Resistência; Coordenação motora; Gasto de energia e controle do ganho de peso corporal; Estímulo ao desenvolvimento cognitivo; Consciência corporal e controle mental; e Socialização.

“Todo programa de treinamento funcional deve ser elaborado, aplicado e supervisionado por profissionais de Educação Física capacitados para a atividade e com experiência na atuação junto à população infanto-juvenil, sempre através de aulas motivadoras, divertidas e desafiadoras, para que as crianças tenham experiências positivas com a atividade física e aumentem suas chances de tornarem-se adultos fisicamente ativos”, finaliza o educador físico Paulo Roberto.

 

Perfil Comunicação - Assessoria de Imprensa

Veja mais


TAÇA 125 ANOS CEAP de FUTSAL

Início do Campeonato TAÇA 125 ANOS CEAP de FUTSAL

9º ano em Aula Interdisciplinar na Cozinha da Escola

9º ano em Aula Interdisciplinar na Cozinha da Escola

Encontro Nacional de Educação Física e de Treinamento Esportivo 2024

Encontro Nacional de Educação Física e de Treinamento Esport...

Feliz Dia das Mães!

Feliz Dia das Mães!